sexta-feira, janeiro 28, 2011

Pinturinhas



Essa blusa a Raí ganhou no amigo secreto, no Natal lisinha,pedia um toque!
Pintei vários panos de prato, mas dei a maioria para amigas de mimo natalino.
De 15 me restaram esses,mas e sempre uma desculpa para pintar mais,né!

arte


Minhas primeiras pinceladas,não tinha o fazer tava na praia comprei uma revista e me aventurei,esses tão lá ainda,na verdade são três,mas não achei fotinho do outro.

quarta-feira, janeiro 19, 2011

Reforma

A casa em que eu nasci e ainda hoje moro sempre teve problemas com umidade, passou a ter uma infiltração,tive que me mudar por um tempo.Conseguimos resolver, mas ai tinhamos que reparar os estragos causados pela infiltração. Compramos o material financiado,e tudo parecia fácil,o material comprado,fechado o serviço com o pedreiro, ele trabalha, tudo fica pronto. Ledo engano!
Ele marcar e não vem, quando vem vai embora na metade do dia,mas volta para receber, eu sinto que vem...(um infarto ou um ataque de nervos).
Chegaaa!
E impossível mas uma vez adiar o sonho de ver minha casa pronta. Mas vai dar certo eu creio, então enquanto isso me inspiro em algo que vejo aqui na blogosfera e compro mimos para quando voltar a montar minha casinha!

sexta-feira, janeiro 14, 2011

2011

Tanta coisa boa e esperada na virada do ano, e eis que nos deparamos com más notícias inundações, enchentes e quantas mortes, meu Deus consola estes corações e ameniza essa dor.
Fico feliz navegando nos blogs e vendo tanta coisa bonita sendo feita, adoro artesanato e ele tem esse poder de unir as pessoas mesmo de diferentes classes. E aquilo que acontece às vezes na fila de um médico ou no ônibus se alguém tiver fazendo crochê e outra pessoa que também faz fica olhando para descobrir qual será a peça e tentando aprender o ponto, quebra se o gelo. A também tem aquele tipo que na loja comprando, e você toda boba pergunta como ela utiliza o material te da um olhar de gelo, mas esses ainda bem são a minoria.
De resto dias melhores, com certeza o Senhor nos guarda bênçãos maravilhosas, e só aguardar, elas virão!